O Presidente da República, João Lourenço, viajará em missão de trabalho para o Sul do país, com destino à província do Namibe e ao Cunene, nos dias 3 e 4 de Maio, segundo o comunicado da Casa Civil. A viagem tem como um dos objectivos o PR João Lourenço poder constatar “de perto” o nível de devastação que a seca tem estado a provocar naquela zona do país.

João Lourenço irá inaugurar alguns projectos sociais e económicos no Namibe, e de seguida, irá rumar para o Cunene, onde poderá pôr os olhos à dimensão da tragédia que tem estado a assolar aquela província ao Sul do nosso país.

É importante citar que foi aprovado pelo PR João Lourenço um pacote financeiro de 200 milhões de dólares para minimizar os efeitos da seca na província do Cunene, incluindo a construção de duas barragens.

A seca, naturalmente, afecta a qualidade de vida dos angolanos que ali vivem, a Unicef considera que os problemas da seca no sul de Angola estão a ser engrossados por uma inadequada resposta humanitária às populações a precisar de ajuda que, segundo dados recentes das Nações Unidas, somam quase 2,3 milhões de pessoas, incluindo cerca de 500 mil crianças, sendo quase 900 mil as que se encontram em situação grave, das quais 43 mil são crianças.

Leia também: PR atribui USD 65 milhões para criar 500 mil empregos até 2021

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.