O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, prometeu repetir a tentativa de pousar na Lua dentro do período de dois a três anos. A declaração vem após a sonda Beresheet cair, nesta Quinta-feira (11) durante o pouso na superfície lunar.

A espaço-nave, que não era tripulada, ainda conseguiu transmitir uma selfie na superfície lunar com a bandeira israelense ao fundo, antes de experimentar um mau funcionamento do motor e perder o contacto com o centro de controle na Terra.

“A espaço-nave israelense pousará inteira na Lua. Em dois e meio a três anos a partir de agora. Anote”, disse Netanyahu, dirigindo-se à equipa da missão depois do fracasso.

A aterragem seria primeira realizada na Lua por uma empresa privada e faria de Israel a quarta nação na Terra a realizar o feito, somando-se à União Soviética, Estados Unidos e China. 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.