O governador provincial do Cuanza Norte Adriano Mendes de Carvalho, destacou, esta Terça-feira,14, os ganhos que a província tem conhecido, nos últimos dois anos, no domínio infra-estruturas básicas e criação de condições para a atracção do investimento com vista à dinamização da economia local, geração de empregos e a melhoria da qualidade de vida das populações.

O governante que falava, em Ndalatando, na reunião entre os às autoridades da província e o Executivo Central, orientada pelo presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço, na sala de conferências de Ndalatando, fez saber que os sectores da educação, saúde, energia, águas e vias de comunicação são os mais priorizados.

Segundo o dirigente, nesta altura o sector da educação substituiu boa parte de escolas precárias por outras definitivas, e prevê ainda, no âmbito PIIM, a conclusão de mais 30 novas escolas, sendo 25 para o ensino primário e 5 para o ensino médio técnico profissional, equivalentes a 308 salas de aula, para um universo de cerca de 27.720 alunos.

Já em relação à saúde, disse que a província poderá contar, até ao primeiro trimestre de 2023, com mais 400 novas camas, resultado das empreitadas de construção e reabilitação de 5 unidades hospitalares, destacando o novo hospital provincial, com capacidade de 200 camas.

 

Ler também: JES regressa ao país após dois anos de ausência

Referiu que no âmbito do PIIM as administrações, adquiriram vários aparelhos médicos para diagnóstico e tratamento local de doenças que só eram possíveis recorrendo a outras unidades hospitalares de referência pelo país.

jlo-voxnovaangola-joao-lourenco-beethoven-wanga2Informou que face aos trabalhos em curso, a energia eléctrica chegará, em breve, à Banga e Ngonguembo, cobrindo todos os 10 municípios da província com a rede pública nacional.

Sobre a agricultura, pecuária e pescas, sublinhou haver potencialidades enormes na província que já contam com investimentos de alguns empresários, destacando o impacto destes projectos na empregabilidade dos jovens.

Por outro lado, realçou a implementação do Projecto Agro-Jovem, em todos os municípios, começando com 100 hectares mecanizados que estão a ser entregues aos jovens para a melhoria das suas condições económicas.

Finalmente, o dirigente pediu ao Titular do Poder Executivo todo o apoio necessário para que a província continue na rota do progresso e desenvolvimento.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.