A jornalista angolana Hariana Verás e a sua equipa, composta por mais dois angolanos, receberam ontem, do Gabinete de Imprensa da Casa Branca, os ‘Hard Pass’, que são passes de imprensa definitivos que permite um maior acesso à Casa Branca.

Durante três anos, a equipa de angolanos, liderada pela jornalista Hariana Verás, passou por um período de avaliação pelo gabinete de imprensa da Casa Branca, que culminou com uma segunda avaliação dos Serviços Secretos americanos, os quais, esta semana, determinaram que a jornalista e a sua equipa se qualificam para a obtenção dos ‘Hard Pass’.

“Para nós é um voto de confiança que nos foi dado e, ao mesmo tempo um reconhecimento do nosso profissionalismo nos últimos três anos”, frisou

Um “Hard Pass” permite ao jornalista acreditado na Casa Branca ter um maior acesso à instituição mais controlada do mundo sem que para tal seja companhado de um escolta. O ‘Hard Pass’ funciona como uma chave de acesso directo à Casa Branca, a qualquer dia e hora, e permite ao jornalista o acesso à área reservada para a imprensa e uma livre circulação dentro da Casa Branca sem ser acompanhado por seguranças.

De lembrar que, a equipa de angolanos aceites na Casa Branca é a única africana neste momento com este privilégio e que também tem acesso directo ao Pentágono e ao Senado norte-americano.

Ler também: Bornito de Sousa, informado sobre a agenda do FAJE

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.