Como resultado de tensões na Caxemira, o Paquistão lançou um alerta a comunidade internacional sobre a possibilidade de início de confronto armado nuclear com a Índia, declarou Masood Khan, presidente da Azad Kashmir, sector administrado pelo Paquistão.

Masood Khan, em declarações feitas à agência de notícias, Sputnik, disse que mesmo um conflito militar limitado pode levar à guerra nuclear.

Masood acrescentou que o Paquistão não tem intenção de iniciar uma guerra. Por outro lado, estão a prever uma situação real e assim esperam que a comunidade internacional pressione a Índia a parar com actos ilegais.

“Se houver uma guerra entre a Índia e o Paquistão, será muito rápida e mortal. Será o armagedom. Centenas de milhões de pessoas morrerão no Sul da Ásia, a radiação afectará 2,5 mil milhões de pessoas em todo o mundo”, alertou.

Leia também: Irão acusa países vizinhos de sabotarem diálogo

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.