A empresa petrolífera angolana Somoil informou na Sexta-feira (5) à agência Lusa que o incêndio que deflagrou na Quinta-feira (4) numa plataforma de extracção de petróleo no Norte de Angola já foi extinto, com os dois feridos “estáveis e em recuperação”.

Num comunicado enviado à Lusa, a Sociedade Petrolífera Angolana (Somoil) adianta que o fogo, que deflagrou às 10:15 de Quinta-feira, foi extinto ao início da tarde de hoje e que afectou a plataforma Estrela B1 (Well Jacket), por si operada, no Bloco 2/05, no Soyo, província angolana do Zaire, sem derrame de crude no mar.

Dois operários de serviço na plataforma foram resgatados para a Clínica Sagrada Esperança, no Soyo, onde receberam cuidados médicos em consequência de queimaduras, encontrando-se ambos estáveis e em recuperação, assegura a Somoil.

No comunicado, a empresa refere que, logo após o início do incêndio, foram imediatamente mobilizadas equipas de emergência da Somoil e da Sonangol Pesquisa e Produção.

No combate às chamas, e no âmbito do protocolo da Associação das Companhias de Exploração e Produção de Angola, as duas empresas contaram com o apoio logístico, técnico e coordenação de operadores próximos, como a ALNGChevron, Total, BP, Esso e ENI,

Os esforços tendentes à extinção do incêndio foram coroados de êxito e culminaram com a contenção do fogo, ao início da tarde de hoje. As equipas de socorro permanecem em prontidão, cumprindo os procedimentos exigíveis nestas circunstâncias, esclarece a Somoil.

Somoil e os seus associados agradecem toda a colaboração recebida, fundamental para preservar vidas humanas e minimizar os prejuízos ambientais. A este propósito, a Somoil esclarece que não existe petróleo no mar e que tudo está a ser feito para que haja o menor impacto ambiental, lê-se no comunicado, que não adianta as causas do incêndio.

Hoje, o Comando Provincial do Zaire da Polícia Nacional, com sede em Mbanza Congo, citado pela agência noticiosa angolana Angop, indicou que o incidente terá ocorrido na sequência de um provável vazamento de gás no Bloco 2 a partir de uma plataforma petrolífera.

Somoil é uma empresa angolana que actua no segmento de pesquisa, produção e comercialização de petróleo e estabelecida no mercado angolano em 2003, tendo iniciado as operações ‘offshore’ e ‘onshore‘ em 2009.

O município do Soyo situa-se 475 quilómetros a Norte de Luanda e 310 quilómetros a Noroeste de Mbanza Congo, capital da província do Zaire.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.