O presidente dos EUA, Donald Trump, e o presidente da Rússia, Vladimir Putin, se reuniram em Helsinque para discutir uma série de temas, incluindo as relações bilaterais entre os dois países, cooperação na Síria e a suposta intromissão russa nas eleições presidenciais de 2016 nos Estados Unidos.

ex-diretor da CIA, John Brennan, criticou o desempenho do presidente norte-americano Trump durante a colectiva de imprensa após o encontro com Putin em Helsinque e chamou Trump de traidor em seu Twitter. Ele também afirmou que Trump está no bolso do presidente russo Vladimir Putin e afirmou que o líder americano ultrapassou o limiar de altos crimes e delitos.

performance de Donald Trump durante a colectiva de imprensa em Helsinque excede o limiar de ‘altos crimes e contravenções’. Não foi nada menos do que traição. Não apenas os comentários de Trump foram imbecis, ele está inteiramente no bolso de Putin. Patriotas republicanos: onde é que vocês estão?, escreveu Brennan.
Ele também expressou cepticismo quanto ao motivo pelo qual os dois presidentes discutiram assuntos em particular, afirmando que Trump carece de credibilidade e provavelmente está escondendo algo de seus conselheiros.

Por que razão Trump se encontrou em particular com Putin? O que ele poderia estar escondendo de BoltonPompeoKelly e o público americano? Como Putin usará qualquer coisa que Trump possa estar escondendo para tirar proveito para a Rússia e ferir a América? A total falta de credibilidade de Trump torna espúria qualquer explicação que ele possa dar, reclamou o ex-chefe da CIA.

Brennan também pediu à equipa de Trump que renuncie em protesto ao seu desempenho em Helsinque, ao dizer que nenhum bom patriota americano pode apoiar Trump depois disso.

Várias outras autoridades dos EUA também criticaram a colectiva de imprensa de Trump em Helsinque. O ex-embaixador dos Estados Unidos na Rússia, Michael McFaul, ridicularizou as declarações de Trump, nas quais o presidente alegou que os EUA são os culpados pela deterioração das relações entre os Estados Unidos e a Rússia.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.