O governo dos Estados Unidos está a tentar persuadir provedores de serviços de Internet e sem fio em países aliados a evitar o equipamento de telecomunicações da Huawei Technologies, informou o Wall Street Journal na Quinta-feira.

Autoridades dos EUA entraram em contacto com suas contrapartes e executivos de telecomunicações em países aliados, onde o equipamento da Huawei já é amplamente usado para o que consideram riscos de segurança cibernética, segundo o relatório do WSJ, que citou pessoas anónimas familiarizadas com a situação.

Líderes de agências de inteligência e outras autoridades disseram que temem que a Huawei e outras empresas chinesas estejam em dívida com o governo chinês ou o Partido Comunista, o que aumenta o risco de espionagem.

Washington tem considerado aumentar o apoio financeiro para o desenvolvimento de telecomunicações em países que rejeitam equipamentos fabricados na China, informou o WSJ.

Uma das preocupações do governo é baseada no uso de equipamentos de telecomunicações chineses em países que abrigam bases militares dos EUA, como Alemanha, Itália e Japão, acrescenta o relatório.

A Huawei não respondeu imediatamente a um pedido de comentários da Reuters.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.