A Etiópia precisará de US$ 7,5 bilhões para concluir projectos de infraestrutura, como uma enorme barragem e estradas que o governo espera utilizar para impulsionar a industrialização, disse o novo primeiro-ministro nesta sexta-feira (6).

Ao falar ao parlamento antes da votação sobre o orçamento de 2018/19, Abiy Ahmed disse que o governo precisa ser mais eficiente e prudente em seus gastos com fundos públicos. Ele disse que muitas empresas estatais estão endividadas e que as receitas de exportação estão em apenas um terço da meta anual de USD 10 bilhões.

Abiy assumiu o cargo em Abril e prometeu amplas reformas políticas e económicas. Ele já iniciou um diálogo com a Eritréia, país vizinho e inimigo de longa data, suspendeu o estado de emergência e promete incentivar a participação do mercado em uma economia com grande participação do Estado. O presidente de 41 anos também já criticou a violência das forças de segurança locais.

Para conseguir impulsionar a economia, a Etiópia pretende conseguir USD 1,2 bilhão em empréstimos internacionais.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.