A companhia canadense Opener testou o seu protótipo de “carro voador” – o multicóptero BlackFly.

A máquina tem quatro metros de comprimento e 1,5 metros de altura. Pode transportar um passageiro com peso máximo de 114 quilogramas e dois metros de altura.

O BlackFly é muito parecido com um carro, mas não seria muito correcto o chamar de carro, já que não tem rodas. Os desenvolvedores de tais multicópteros posicionam os seus produtos como veículos de “transporte pessoal”, que visa concorrer com os meios de transporte tradicionais, nota a revista Forbes.


​O BlackFly tem um motor eléctrico. Conforme os criadores do protótipo, pode cobrir 40 quilómetros sem carregamento e desenvolver a velocidade de até 62 km/h. A direcção de voo é efectuada por um joystick e equipamento electrónico a bordo.

decolagem e aterrissagem do multicóptero são automatizadas e podem se efectuar tanto no terreno, como na água.

Os designers asseguram que durante os trabalhos no protótipo foram efectuados cerca de 1,4 mil testes de voo, somando ao todo 19,3 mil quilómetros. A companhia já recebeu a licença para exploração do aparelho nos EUA: as autoridades classificaram o BlackFly como veículo voador super-leve.

Espera-se que a máquina venha a custar como um todo-o-terreno comum.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui