Uma família que compre uma casa com 100 metros quadrados na capital, vai ficar a pagar uma prestação ao banco durante mais de 45 anos. Já na capital dos estudantes, 23 anos de trabalho chegam para pagar a dívida, segundo os dados da “Comparajá.pt”.

A região de Lisboa continua a ser a zona mais cara para comprar um imóvel em Portugal, porque, com um “cheque” de duas centenas de milhares de euros, uma família, consegue comprar, em média, uma casa com apenas 64 metros quadrados (m2) na capital. Contudo, em Santarém, por exemplo, com 146 mil euros esse agregado familiar adquire uma de 172 m2.

Segundo os dados da “Comparajá.pt” enviados ao Jornal Económico (acesso pago), a diferença também é significativa nos prazos de pagamento dos empréstimos ao bancos. Tendo como exemplo um imóvel de 100 m2, na zona de Lisboa vai precisar de mais de 45 anos, mas em Coimbra consegue saldar a dívida bancária em ‘apenas’ 22 anos (com financiamento de 80% do valor de aquisição e uma TAEG de 2,9%).

“Através desta análise é possível perceber a necessidade de se fazer uma análise criteriosa à capacidade financeira na hora de se solicitar um empréstimo. Sendo os valores ilustrativos, é fundamental que cada família faça individualmente o cálculo da taxa de esforço específica, por forma a não pressionar a taxa de esforço acima do recomendável e consequentemente evitar o sobreendividamento”, defende a plataforma de simulação gratuita de produtos financeiros. 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.