Sábado, Agosto 17, 2019

Carlos Alberto denuncia “perseguição política”

carlos_alberto_consleheiro_erca
O conselheiro da Entidade Reguladora da Comunicação Social Angolana (Erca), Carlos Alberto, denunciou hoje em conferência de imprensa, uma alegada "perseguição política criminosa" à sua pessoa da parte de militantes do MPLA, partido no poder, afectos ao órgão, e "teme pela vida". "Estamos, portanto, perante uma perseguição política criminosa e de coação psicológica clara contra a minha pessoa, devido, em...

Angola já conta com mestrado em Segurança Pública

O país passa agora a contar com o primeiro curso de mestrado em Segurança Pública, o que simboliza um passo enorme para os profissionais de gestão e construção de políticas públicas. Este primeiro curso, considerado pelas autoridades como uma mais-valia para o país, tem um total de 14 unidades curriculares, essencialmente ligadas aos ramos das ciências policiais e criminais, jurídicas...

Abel Chivukuvuku funda PRA-JA, um novo projecto político em Angola

Partido do Renascimento Angolano - Juntos por Angola (PRA-JA) é o novo projecto político do antigo líder da CASA-CE, Abel Chivukuvuku. O Político já submeteu a legalização do partido ao Tribunal Constitucional. À frente do PRA-JA está Abel Chivukuvuku, afastado da liderança da CASA-CE, a terceira maior força política de Angola, em Fevereiro deste ano, depois de ser acusado de...

Presidente quer mais investimento para combater desemprego

pr_joao_lourenco_apelou
O PR João Lourenço, apelou, em Luanda, a um aumento do investimento, sobretudo privado, para combater o desemprego que atinge mais de um quarto da população angolana. João Lourenço, que discursava na abertura do Fórum Empresarial Nacional, reconheceu um aumento dos níveis de desemprego, que atribuiu há recessão económica registada nos últimos anos no país. “Trata-se de um problema que deve...

Prazo de prisão preventiva de Joaquim Sebastião termina Quarta-feira

Bens do antigo director do Instituto Nacional de Estradas de Angola já foram apreendidos pela PGR. Joaquim Sebastião é suspeito de crimes de peculato e está detido preventivamente desde 31 de Janeiro. Na Segunda-feira (29,07), vários bens do ex-director do Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA), Joaquim Sebastião, foram apreendidos pelo Serviço de Recuperação de Activos da Procuradoria-Geral da...

Governo recomenda novos usos para a madeira dos polígonos florestais

O governo angolano recomenda o aproveitamento da madeira dos polígonos florestais para a construção e indústria de mobiliário, devido à mudança dos objectivos para os quais foram criados, há 65 anos, nomeadamente a utilização nos caminhos-de-ferro. A recomendação consta no Plano Estratégico de Intervenção nos Perímetros Florestais elaborado pelo Ministério da Agricultura e Florestas, orientando que a madeira remanescente seja...

Cartão do Munícipe emitido em Setembro

O Cartão de Munícipe, que vai substituir o Atestado de Residência, começa a ser emitido a partir de Setembro, a todos os cidadãos maiores, tão logo estejam reunidas as condições pelas administrações municipais, comunais e distritais. A partir de 2021, o cartão vai ser emitido para todos os cidadãos desde os seis anos de idade, de acordo com as disposições...

Joaquim Sebastião, Ex-director do INEA, deve entregar bens até hoje

Joaquim Sebastião, tem até hoje para entregar à Justiça 13 imóveis, seis veículos e um centro de estágio de futebol localizado no bairro do Sequele, em Luanda. De acordo com uma fonte do Jornal de Angola, Joaquim Sebastião apresentou, voluntariamente, relação de cerca de 30 imóveis, em Angola, Portugal e Brasil, e uma dúzia de veículos. As autoridades acordaram então...

ECONOMIA: BNA exclui 19 bancos do leilão de divisas desta semana

BNA-olho do gato
O Banco Nacional de Angola excluiu 19 bancos comerciais de participarem do leilão de divisas desta semana (22 a 26 de Julho) por não apresentarem os relatórios de execução das divisas obtidas no leilão da semana passada (nº 44/2019 de 15 de Julho), ou por apresentarem uma execução abaixo de 50%, de acordo com um documento do Departamento de...

Dois anos depois, a luta de João Lourenço contra corrupção obteve resultados?

Quase dois anos após a eleição de João Lourenço, sociedade civil considera que boas intenções não bastam e que Justiça tem sido selectiva. UNITA diz que não há resultados. MPLA defende ganho em visibilidade internacional. O combate à corrupção e à impunidade foi a bandeira de campanha do actual Presidente, João Lourenço, eleito em 2017. A sociedade civil angolana debateu, no...

SIGA-NOS

13,281FãsSeguir
106SeguidoresSeguir
4SeguidoresSeguir

ARTIGOS RECENTES